quinta-feira, 27 de setembro de 2012

Cursos Online Grátis

Gigantes online testam novo modelo de curso grátis

Iniciativa pretende testar um modelo de curso de oito semanas sem instrutor

 A roda dos cursos online gratuitos universitários não para de girar. Depois de Coursera, MITx e edX terem impulsionado um novo modelo de aprendizagem chamado nos EUA de Mooc (Massive Open Online Course, cursos virtuais grátis para grandes quantidades de alunos), alguns dos gigantes do universo educacional online se reuniram em torno do conceito Mechanical Mooc, ou Mooc Mecânico, e lançaram um curso de “introdução delicada a [liguagem de programação] Python” que funciona de forma automatizada.

A iniciativa pretende testar um modelo de curso de oito semanas sem instrutor. Assim, em vez de aulas serem organizadas por um professor, elas seguirão a cadência de e-mails pré-agendados. “Com os MOOCs que vimos até agora, ainda há um professor que dá a disciplina. Nosso curso não tem tutor. Nossa teoria é que as ferramentas de aprendizagem on-line se tornaram robustas o suficiente e que, com alguma orientação, os alunos possam trabalhar juntos para ajudar uns aos outros sem a necessidade de uma autoridade central”, diz a Peer 2 Peer University, que participa do projeto.

O Mooc Mecânico usa as especialidades que MIT OpenCourseWare, OpenStudy e CodeAcademy desenvolveram no ensino online: conteúdos, redes e exercícios, respectivamente. Por se apoiar nesse know-how, o curso introdução delicada ao Python não começa seu desenvolvimento do zero e será mais barato do que os cursos on-line mais tradicionais. “Em vez de tentar criar uma plataforma que estruture a experiência de aprendizado do início ao fim, como os Mooc têm feito, estamos levando o que de melhor já existe – o conteúdo do MIT OpenCourseWare, as comunidades da OpenStudy e os exercícios da Codecademy – e vamos juntá-los em uma lista de discussão que vai coordenar a atividade dos alunos”, diz Peer 2 Peer, responsável pela coordenação dessa lista de e-mails.

Para quem ainda não conhece os envolvidos na iniciativa, é bom explicar. O MIT OpenCourseWare é a plataforma que reúne conteúdos produzidos por alunos e professores do MIT e que permitiu o lançamento do MITx – apesar disso, o curso de introdução delicada ao Python não oferecerá um certificado do MITx, mas uma espécie de “distintivo” da CodeAcademy por ter participado. Falando em CodeAcademy, ela é uma startup referência em ensino de programação no mundo e se destacou por criar sistemas de exercícios com feedback instantâneo. Já a OpenStudy é uma espécie de rede social voltada para o aprendizado que reúne estudantes interessados em mesmos assuntos; eles definem sua missão como “fazer do mundo um grande grupo de estudos, que não considera escola, região ou backgroud”. Por último, a Peer to Peer University é um projeto educacional que promove a educação por pares.

As inscrições estão abertas e o curso começa em 15 de outubro. Os alunos poderão interagir em fóruns genéricos ou fazer parte de grupos de estudos de até 10 pessoas. Como não há um instrutor, os alunos podem aprender no próprio ritmo. “Nossa preocupação é menos atingir um grande número de pessoas, e mais sobre como produzir uma boa experiência de aprendizagem para todos os que participam.”
Fonte: http://www.estadao.com.br/noticias/vidae,gigantes-online-testam-novo-modelo-de-curso-gratis,920789,0.htm
______

400 cursos gratuitos e online para estudantes e profissionais

Para aqueles que estão zerados ou que procuram cursos que não são oferecidos por nenhuma empresa, elaborei uma lista com diversos cursos em inglês e português sobre os mais variados temas, mas quase sempre relacionado com os assuntos comunicação e internet. Alguns são bem simples, outros já são mais complexos. Espero que algum deles o ajude em sua carreira. Confira:
  • Papos na Rede: não tem como falar em conhecimento gratuito e online sem falar no projeto Papos na Rede, idealizado pela Márcia Ceschini. É gratuito e sempre traz os melhores e mais conceituados profissionais sobre digital do país.
  • FGV – Fundação Getúlio Vargas: cursos gratuitos nas áreas de finanças pessoais, sustentabilidade, inovação, empreendedorismo e comunicação empresarial.
  • SEBRAE: simplesmente um dos melhores portais com cursos gratuitos em português. Oferece cursos de empreendedorismo, internet para negócios, gestão de qualidade e até atendimento ao cliente.
  • Microsoft TechNeté um programa gratuito online baseado em tecnologias e produtos da Microsoft voltado para a comunidade de desenvolvedores, profissionais de TI, estudantes e entusiastas por tecnologia. 
  • Intel Next Generationaposta da Intel na formação dos profissionais de tecnologia da informação. Diversas opção bacanas a serem estudadas.
  • Unisul Virtual: comunicação, informática, multimídia, análises de redes sociais, inovação, entre outros. A navegação é um pouco confusa, mas logo você se acostuma.
  • Unicamp: mini-cursos voltados para a área de web, como CSS, HTML, XML entre outros. Outra opção da mesma universidade é conhecer o treinamento interativo, que aborda o sistema Linux, desenvolvimento de sites, além de outros temas.
  • Escola Virtual: curso oferecidos pela Fundação Bradesco, que vão da administração financeira, banco de dados, informática, tecnologia da informação, fotografia e desenvolvimento de aplicativos.
  • Escola Superior de Administração e Gestão: encontrei alguns cursos básicos sobre liderança, comportamento, gestão do tempo e negócios. Vale a pena dar uma conferida.
  • SENAI: um curso sobre tecnologia da informação e comunicação voltado para adolescentes, mas bacana para quem não tem conhecimento na área e quer aprender um pouco mais sobre o tema.
  • INFO: para quem quer aprender um pouco mais sobre Flash (CS3) a INFO disponibilizou um curso online gratuito sobre a ferramenta. Mais uma vez bacana para quem conhece ou ainda não conhece.
  • DFJUGgrupo de Java que tem entre seus objetivos ensinar de forma livre e gratuita a linguagem Java e as tecnologias associadas.
  • Livemocha: é uma rede colaborativa onde você ensina o seu idioma e, em troca, você aprende um nova língua. É banca porque a conversa fica de “igual para igual”. É um case mundialmente reconhecido.
  • UOL: uma opção interessante é fazer um curso de inglês produzido pela parceria da britânica BBC com o portal UOL. O curso é totalmente didático e simples.
  • BCC Languagesse você quer explorar diversos idiomas, a BBC oferece cursos de inglês, francês, espanhol e até chinês.
  • Poynter´s News University: mais voltado para jornalistas, o portal traz desde cursos gratuitos até outros pagos, com preços variados. Há cursos para quase todas as preferências.
  • University of California, Los Angeles: um curso especial sobre ética jornalística.
  • Data Center University: cursos sobre o mundo da tecnologia da informação que vão do introdutório até o avançado.
  • Yale: uma das mais prestigiadas universidades do planeta, a Yale disponibiliza gratuitamente os vídeos de seus cursos sobre astronomia, história, música, filosofia e ciência política. Aqui comecei um curso introdutório sobre filosofia política.
  • MIT – Massachusetts Institute of Technology: referência mundial em pesquisa sobre tecnologia e ciência, com laboratórios vanguardas que trabalham com oportunidades tecnológicas incríveis. Os cursos vão desde estudos sobre mídia, passando por história e engenharia mecânica.
  • University of California, Berkeley: estudos sobre a América, história, geografia, ciência da computação, sociologia, ciência cognitiva e filosofia. Boa pedida também já que é outra universidade super conceituada nos EUA.
  • University of California, Irvine: cursos sobre negócios, informática, educação entre outros.
  • Stanford University: mais uma conceituadíssima universidade americana que foca cursos em inteligência artificial, criptografia, interação homem-máquina e teoria dos jogos. Cheguei a iniciar um curso sobre inteligência artificial e confesso que apesar do tema complexo, as aulas eram super didáticas.
  • The Open University: são mais de 600 cursos gratuitos online sobre negócios, artes, educação, tecnologia entre outros diversos assuntos.
  • Codecademy: portal que oferece cursos voltados ao universo da programação.
  • Harvard University: quer estudar em Harvard? Você pode fazer online um curso que introduz o aluno ao universo da ciência da computação, gratuito, ou optar por cursos de extensão, mas que são pagos – e salgados.
  • Lynda: também com cursos voltados para o mundo da programação, alguns básicos e outros bem avançados. É necessário ser sócio para ter acesso aos conteúdos por completo. Os preços variam de 25 dólares mensais a 375 dólares anuais.
  • Energy University: cursos voltados para a área de TI verde. Disponíveis também em português.
Nesse link você encontra outras universidades com cursos gratuitos e online, e aqui você confere uma lista com mais de 400 cursos também gratuitos e online.
Espero que tudo isso dê para o começo. Se você souber de algum link interessante deixe nos comentários que depois atualizo este post. A preferência, é claro, será por cursos em português e gratuitos. Bons estudos. =)
Fonte:  http://blogmidia8.com/2012/01/diversos-cursos-gratuitos-online-para.html
 _____________________________________________________________

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Fique a vontade para compartilhar informações, comentários e links.
Mas seja gentil. :)